Avançar para o conteúdo principal

A volta do Rosinha - sentido contrário. (1ª parte)












Comentários

jabegao disse…
Paga uma pessoa um dinheirão, pela bike e quando volto as costas, esta jogada contra um pinheiro, como é que deviam me ajudar a mudar a câmara se nem segurar a bike conseguiram
jabegao disse…
Estava a brincar , pois sem ajuda dos colegas , estava …..pois a neve carbónica ,não fez efeito.
Anónimo disse…
Tadito... nem uma roda sabes mudar. ha e tal neve carbónica... onde é que isso já se viu...
Carrapeta disse…
São muita fraquinhos em termos técnicos, até lhes conseguem vender creme para a barba com a finalidade de tapar furos.
jabegao disse…
não estas a conhecer o creme? é aquele que a tua companheira fas a d......
jabegao disse…
O dióxido de carbono sob a forma de neve carbónica tem diversas aplicações na indústria, não existe só nos extintores.
JJFERREIRA disse…
Jabegão tens tido azar com os pneus,já deve de ser o teu 5 furo, o melhor é comprares duas rodas novas!
Um Abraço!
justiceiro disse…
Jabegão, foste à festa da espuma ou quê??
Cumprimentos.
jabegao disse…
mais ou menos, mas a espuma não resultado, uma tentativa em vão.
mts/cumps
jabegao disse…
mais ou menos, mas a espuma não resultado, uma tentativa em vão.
mts/cumps
António Justino disse…
Dióxio de carbono? Neve carbónica? Em que país é que estão? Singletrack? Eu até gostava de perceber, mas...Ou começam a escrever por forma a que o cidadão comum perceba ou então...cada vez que vos visito tenho que ir ao tradutor. Espuma para a barba conheço.E já agora o Mairo não caíu? Ningém caíu? Não havia gajas não é? Isto assim não tem piada. Singletrack...ai...ai. Um abraço para todos.

Mensagens populares deste blogue

Passeio convivio com os Fajarda Bike Friends. 14 de janeiro.

20ª Edição Alvalade – Porto Covo. 20 de maio.

Passeio pelo Parque Ecológico do Gameiro (Mora).13 de maio.